Dos dias 27 a 29 de Junho, acontecerá o festival Park Live, patrocipado pela Rock FM. Uma das atrações principais será o shock rocker Americano Marilyn Manson. Antes do festival, falamos com o músico sobre a cultura Russa, seu novo álbum e suas músicas favoritas.
 
O que você gosta na Rússia?
 
A Rússia é frequentemente vista pelos Americanos e Europeus como um país de vanguarda, mas em todas as vezes que visitei o país, eu percebi que há uma diferença de pensamento. Mesmo agora, na era da Internet, há uma diferença fundamental entre os Russos e os Americanos, por exemplo. A arte criada na Rússia é vista pelos Americanos como avant-garde. Eu, por exemplo, na América, é estranho, mas eu gosto muito disso. Eu vou muito contra o sistema, eu provoco a audiência. Sinto uma união espiritual com a cultura Russa. A cultura de vocês me interessava desde a infância, apesar das tensões que existiram em relação à Guerra Fria. Eu era uma criança e não entendia o que era inimigo de um ponto de vista político, ou o que é o mal no contexto da religião.
 
Agora, no entanto, eu observo uma Americanização da Rússia. Mas no geral eu gosto dessa diferença cultural. O que faria sentido em deixar a América, se todos os outros países não tivessem diferenças? Na Rússia as pessoas pensam na América como um país glamuroso. Mas, pessoalmente, eu cresci em Ohio, e não há nada de glamuroso. Então eu mudei para Los Angeles e comecei a viajar o mundo e gostei da Rússia, especialmente porque é frio. E eu gosto do frio.
 
Você já deve ter ouvido que, por conta das leis rígidas na Rússia, músicos estrangeiros têm tido problemas. Por exemplo, a Madonna, após seu show em São Petersburgo, foi processada pela promoção da homossexualidade, e mais recentemente a banda Polonesa de death metal Behemoth foi deportada por, supostamente, violar as regras dos vistos. Você é conhecido por sua performance provocadora. Não tem medo de ter problemas com a lei?
 
Bem, primeiramente, eu não sou gay. Geralmente é algo como a América. Já fui preso várias vezes pelo que eu fiz. O problema é que é muito difícil determinar onde estão as fronteiras da arte. Na América, há vários exemplos de má interpretações - Jim Morrison ou eu. O fato que é considerado ofensivo - seja palavras ou ações. Um jurado disse: "Não posso definir o que é ofensivo - mas depois de ver isso, eu entendo." No começo eu provocava a audiência. Incluindo nesse novo disco. Eu irei tocar novas músicas no festival Park Live - serão músicas que ninguém ouviu na Rússia e pela primeira vez vou tocá-las. Meu novo álbum será diferente do que eu produzi antes. Ele imbuiu o espírito do rock n' roll, em particular a influência do The Doors. Ainda tem algo cinematográfico, porque trabalhei com o Tyler Bates, que criou as trilhas sonoras para os filmes 300 e Watchmen. Logo, o disco soa como um filme e eu adoro. Eu sempre quis criar uma Bíblia musical, não no sentido Cristão, mas nos termos da universalidade. Esse álbum desafia todas as cargas em mim, reflete cada aspecto da minha personalidade. Muitas coisas são inspiradas pela mitologia Grega, seu simbolismo, que é a fonte de todas as formas de arte. Para mim foi um grande prazer trabalhar neste disco porque eu finalmente estive apto a abrir minha verdadeira essência, virar a pessoa que eu sempre quis ser. E nesse momento de impulso criativo, eu vou para Moscou. Então vamos ver o que acontece.
 
Você não é só um músico, você é também um artista. Quais formas de arte você gostaria de tentar?
 
Recentemente participei como ator no seriado Sons of Anarchy. Essa é a última temporada e eu faço o líder da gangue Ariana na prisão; tive que desenhar várias tatuagens falsas além das que tenho. Fiz até uma tatuagem russa de prisão na perna! Alguém me deu um livro sobre tatuagens russas de prisão e assisti alguns filmes sobre a cultura Russa na prisão - aquelas tatuagens têm significados diferentes das tatuagens na América ou Japão, por exemplo. A que tenho na perna no seriado tem um significado, mas não posso dizer qual porque as tatuagens contam sua história na prisão!
 
Que música você gosta de escutar?
 
Gosto do Die Antwoord (também irão tocar no Park Live). Eles são bons amigos meus. Na verdade tenho um gosto variado, de Jay Z a Beatles e Rolling Stones, até músicas gospel. Às vezes até Justin Timberlake aparece na playlist! Amo heavy metal e, claro, cresci com ele. No heavy metal eu gosto mais das histórias, das letras. A música tem uma coisa - você gosta de algo porque a música descreve sua vida. E algumas músicas são tão fortes que tornam-se inesquecíveis. A música tem uma mágica especial. Há combinações de palavras e música, e às vezes essa combinação cria uma química real. E para mim parece, no meu disco novo, eu estive apto a pegar essa mágica, produzir essa reação química em particular. Acho que esse disco será descrito como "rock" no sentido exato que a palavra descreve a música do The Doors, The Stooges e Sex Pistols.
 
Que banda você diria que é sua favorita?
 
Bem, provavelmente Marilyn Manson! Eu amo minha banda. De fato, tantas delas... É uma pergunta difícil! Mas se fosse para escolher, seria Beatles. Escuto muito eles, minha mãe colocava sempre o White Album para eu escutar. Ela faleceu recentemente, e agora Beatles me lembra ela. Esse ciclo de vida. 
Fonte: Rock FM

Hoje, 20 de Junho, o Twiggy completa 43 anos de idade! Parabéns e todo o sucesso do mundo para ele!

Assim como publicamos no site, o Manson fará parte do elenco da sétima temporada do seriado Sons of Anarchy e recentemente foram publicadas algumas fotos dele com os atores no set de filmagens. Confira!

    

Fonte: Provider Module

O produtor de trilhas sonoras e guitarrista Tyler Bytes anunciou em seu perfil no Facebook que irá tocar com a banda nos shows pela Europa que começam no final deste mês.

 

 

 

 

 

 Obrigado a todos que me mandaram felicitações de aniversário ontem! Agradeço muito aos meus grandes amigos e família pelo suporte nessa louca experiência que é minha vida. Acabamos a produção da trilha do "Guardians on the Galaxy" em duas semanas. O filme é ótimo. O James Gunn matou a pau! Então vou para a Rússia tocar com o Manson no fim do mês. Sem descanso. Cheers! TB

 

Tyler Bytes participou da composição da música Cupid Carries a Gun, que estará no disco novo do Manson e é a música de abertura do seriado Salem. Ainda não é sabido se ele tocará uma segunda guitarra ou teclados. Até agora não há informações sobre mudança na formação, então a banda continua com o Twiggy na guitarra, Fred Sablan no baixo, Jason Sutter na bateria e Spencer Rollins no teclado.

Marilyn Manson está no elenco da sétima e última temporada do sucesso da FX, Sons of Anarchy. Ele fará o papel de Ron Tully, um supremacista branco líder de uma prisão que Jax usa para expandir sua base de poder.

"Sons tem feito uma grande parte da minha vida, assim como a do meu pai." Manson comentou. "Então eu estava determinado a deixá-lo orgulhoso por estar envolvido no que, provavelmente, será lembrado como o exemplar de cinema televisivo mais fantástico. Afinal, o coração de Sons of Anarchy é sobre essa relação. Então, tudo o que eu preciso agora é de uma motocicleta."

Fonte: Revolver Magazine

página: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 | 18 | 19 | 20 | 21 | 22 | 23 | 24 | 25 | 26 | 27 | 28 | 29 | 30 | 31 | 32 | 33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 | 40 | 41 | 42 | 43 | 44 | 45 | 46 | 47 | 48 | 49 | 50 | 51 | 52 | 53 | 54 | 55 | 56 | 57 | 58 | 59 | 60 | 61 | 62 | 63 | 64 | 65 | 66 | 67 | 68 | 69 | 70 | 71 | 72 | 73 | 74 | 75 | 76 | 77 | 78 | 79 | 80 | 81 | 82 | 83 | 84 | 85 | 86 | 87 | 88 | 89 | 90 | 91 | 92 | 93 | 94 | 95 | 96 | 97 | 98 | 99 | 100 | 101 | 102 | 103 | 104 | 105 | 106 | 107 | 108 | 109 | 110 | 111 | 112 | 113 | 114 | 115 | 116 | 117 | 118 | 119 | 120 | 121 | 122 | 123 | 124 | 125 | 126 | 127 | 128 | 129 | 130 | 131 | 132 | 133 | 134 | 135 | 136 | 137 | 138 | 139 | 140 | 141 | 142 | 143 | 144 | 145 | 146 | 147 | 148 | 149 | 150 | 151 | 152 | 153 | 154 | 155 | 156 | 157 | 158 | 159 | 160 | 161 | 162 | 163 | 164 | 165 | 166 | 167 | 168 | 169 | 170 | 171 | 172 | 173 | 174 | 175 | 176 | 177 | 178 | 179 | 180 | 181 | 182 | 183 | 184 | 185 | 186 | 187 | 188 | 189 | 190 | 191 | 192 | 193 | 194 | 195 | 196 | 197 | 198 | 199 | 200 | 201 | 202 | 203 | 204 | 205 | 206 | 207 | 208 | 209 | 210 | 211 | 212 | 213 | 214 | 215 | 216 | 217 | 218 | 219 | 220 | 221 | 222 | 223 | 224 | 225 | 226 | 227 | 228 | 229 | 230 | 231 | 232 | 233 | 234 | 235 | 236 | 237 | 238 | 239 | 240 | 241 | 242 | 243 | 244 | 245 | 246 | 247 | 248 | 249 | 250 | 251 | 252 | 253 | 254 | 255 | 256 | 257 | 258 | 259 | 260 | 261 | 262 | 263 | 264 | 265 | 266 | 267 | 268 | 269 | 270 | 271 | 272 |









14.11 @ Annexet
15.11 @ Hal 14
16.11 @ Sporthalle
18.11 @ Zenith
19.11 @ Tip Sport Arena
20.11 @ Gasometer
22.11 @ Pala Alpitour
23.11 @ Samsung Hall
25.11 @ Velodrom - UFO
29.11 @ Mitsubishi Electric Halle
[ ver mais ]

Marilyn Manson - Prêmio de Ícone pela Alternative Press (2016) Third Day of a Seven Day BingeThe Mephistopheles of Los AngelesManson fala sobre o ”The Pale Emperor” (2015)Manson dá suas impressões sobre o Natal (2014) Deep Six


ver +

facebook.com/marilynmanson
marilynmanson.com
twitter.com/marilynmanson


2008 - 2017 ® Marilyn Manson Brasil | Todos os Direitos Reservados